Translate

segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Especial Halloween - A Origem do Halloween + Lista de filmes + 2 receitas


Dia das Bruxas (Halloween é o nome original na língua inglesa e pronuncia-se: Reino Unido /hæləʊˈiːn/ ; Estados Unidos/hæloʊˈiːn/ ) é uma celebração observada em vários países, principalmente no mundo anglófono, em 31 de outubro, véspera da festa cristã ocidental do Dia de Todos os Santos.
Ela começa com a vigília de três dias do Allhallowtide, o tempo do ano litúrgico dedicado a lembrar os mortos, incluindo santos (hallows), mártires e todos os fiéis falecidos.

Acredita-se que muitas das tradições do Halloween originaram-se do antigo festival celta da colheita, o Samhain, e que esta festividade gaélica foi cristianizada pela Igreja primitiva.
O Samhain e outras festas também podem ter tido raízes pagãs. Alguns, no entanto, apoiam a visão de que o Halloween começou independentemente do Samhain e tem raízes cristãs.

Entre as atividades de Halloween mais comuns, estão festas a fantasia, praticar "doce ou travessura", decorar a casa, fazer lanternas de abóbora, fogueiras, jogos de adivinhação, ir em atrações "assombradas", contar histórias assustadoras e assistir filmes de terror.
Em muitas partes do mundo, as vigílias religiosas cristãs de Halloween, como frequentar os cultos da igreja e acender velas nos túmulos dos mortos, permanecem populares, embora em outros lugares é seja uma celebração mais comercial e secular.
Alguns cristãos historicamente se abstém de carne no Dia das Bruxas.


Etimologia:
O primeiro registro do termo "Halloween" é de cerca de 1745.
É uma contracção do termo escocês All Hallows' Eve, que significa véspera do Dia de Todos os Santos, data comemorativa do calendário cristão. Embora existam várias teorias sobre a origem, a mais difundida aponta para o festival celta Samhain, celebrado na Irlanda, Escócia e Ilha de Man.



História:


A origem do Halloween traz às tradições dos povos que habitaram a Gália e as ilhas da Grã-Bretanha entre os anos 600 a.C. e 800 d.C., embora com marcas das diferenças em relação às atuais abóboras ou da muita famosa frase "doces ou travessuras", exportada pelos Estados Unidos, que popularizaram a comemoração. Originalmente, o Halloween não tinha relação com bruxas. Era um festival do calendário celta da Irlanda, o festival de Samhain, celebrado entre 30 de outubro e 2 de novembro e marcava o fim do verão (samhain significa literalmente "fim do verão").

A celebração do Halloween tem duas origens que no transcurso da História foram se misturando:


Origem pagã

A origem pagã do "dia das bruxas" tem a ver com a celebração celta chamada Samhain, que tinha como objetivo dar culto aos mortos e à deusa YuuByeol (símbolo antigo da perfeição celta). A invasão das Ilhas Britânicas pelos Romanos (46 A.C.) acabou unindo a cultura latina com a celta, sendo que esta última acabou minguando com o tempo.

Em fins do século II, com a evangelização desses territórios, a religião dos Celtas, chamada druidismo, já tinha desaparecido na maioria das comunidades. Pouco sabemos sobre a religião dos druidas, pois não se escreveu nada sobre ela: tudo era transmitido oralmente de geração para geração. Sabe-se que as festividades do Samhan eram celebradas muito possivelmente entre os dias 5 e 7 de novembro (a meio caminho entre o equinócio de outono e o solstício de inverno, no hemisfério norte). Eram precedidas por uma série de festejos que duravam uma semana, e davam ao ano novo celta.

A "festa dos mortos" era uma das suas datas mais importantes, pois celebrava o que para os cristãos seriam "o céu e a terra" (conceitos que só chegaram com o cristianismo).
Para os celtas, o lugar dos mortos era um lugar de felicidade perfeita, onde não haveria fome nem dor.
As festas eram presididas pelos sacerdotes druidas, que atuavam como "médiuns" entre as pessoas e os seus antepassados. Dizia-se também que os espíritos dos mortos voltavam nessa data para visitar seus antigos lares e guiar os seus familiares rumo ao outro mundo.


Origem católica

Desde o século IV a Igreja da Síria consagrava um dia para festejar "Todos os Mártires".
Três séculos mais tarde o Papa Bonifácio IV († 615) transformou um templo romano dedicado a todos os deuses (Panteão) num templo cristão e o dedicou a "Todos os Santos", a todos os que nos precederam na fé.
A festa em honra de Todos os Santos, inicialmente era celebrada no dia 13 de maio, mas o Papa Gregório III († 741) mudou a data para 1 de novembro, que era o dia da dedicação da capela de Todos os Santos na Basílica de São Pedro, em Roma.
Mais tarde, no ano de 840, o Papa Gregório IV ordenou que a festa de Todos os Santos fosse celebrada universalmente.

Como festa grande, esta também ganhou a sua celebração vespertina ou vigília, que prepara a festa no dia anterior (31 de outubro).
Na tradução para o inglês, essa vigília era chamada All Hallow’s Eve (Vigília de Todos os Santos), passando depois pelas formas All Hallowed Eve e "All Hallow Een" até chegar à palavra atual "Halloween".


Lista de filmes para o Halloween:



O Exorcista
Halloween
Sexta-Feira 13
A Hora do Pesadelo
A Noite dos Mortos-Vivos
A Volta dos Mortos-Vivos
A Terra dos Mortos-Vivos
Massacre da Serra-Elétrica
Olhos Famintos
Jogos Mortais
O Iluminado
O Nevoeiro
A Morte do Demônio
Carrie A Estranha
Van Helsing
A Profecia

Séries:
Série Stranger Thinks
Série Van Helsing
Série O Exorcista
Série Damien
Série Walking Dead


Receitas para festa de Halloween:

Hot-dog dedo



Ingredientes
8 unidades pão de hot dog
8 unidades salsicha
ketchup a gosto
maionese a gosto

Instruções de preparação
Cozinhe as salsichas conforme instruções da embalagem.
Quando prontas, com a ajuda de uma faca corte uma tira da ponta da salsicha para formar a unha. Para dar mais realismo, faça pequenos cortes horizontais para representar as dobras do dedo.
Passe uma pequena porção de maionese no pão, e depois um pouco de ketchup apenas na metade inferior do pão.
Ajeite e salsicha no pão com a parte cortada para cima e o restante sobre o ketchup.
Espalhe mais um pouco de ketchup na metade da salsicha que não foi cortada.


Ponche do Vampiro:


Refeição - Drinks
Porções Tempo Preparação
5 porções 10 minutos
Ingredientes
1 litro água gelada
200 ml xarope de groselha
300 ml refrigerante de limão
200 g cereja fresca e sem cabo
cubos de gelo

Instruções de preparação
No recipiente em que será servido o ponche, misture bem a água e o xarope de groselha.
Acrescente o refrigerante de limão e as cerejas e misture delicadamente (somente na hora de servir) *Se não tiver cerejas frescas, utilize cerejas em calda.
Adicione cubos de gelo a gosto e sirva.

Notas da Receita
Para o efeito da fumaça, acrescente gelo seco.