Translate

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Série Pirâmides do Mundo #03 - As Pirâmides do Dragão



Em 1947 o coronel Maurice Sheahan (1921-1986) ao sobrevoar a região de Sian (ou Xi'an), na província chinesa de Shaanxi, observou o que seria um imenso monte de terra, com um formato peculiar. Tal monte se assemelhava a uma pirâmide.


Se esse achado do coronel Sheahan de fato era uma pirâmide, como ele acreditava, essa seria muito maior que a grande pirâmide do Egito. Logo após esse avistamento, outros 37 montes com formato piramidal foram encontrados na mesma região. Hoje em dia acredita-se que possam ser encontradas cerca de 100 estruturas piramidais nessa região.

Coronel Maurice Sheahan
Imagem registrada por Maurice Sheahan
Um destes montes, localizado a 17 km ao nordeste de Sian, mais tarde foi comprovado como sendo o mausoléu do imperador Qin. No local, em torno que que seria a pirâmide, foi encontrado um grande exercito de Terracota, com cerca de 8 mil homens de barro, que teriam sido enterrados no século 3 antes de cristo. A descoberta foi feita por agricultores que escavavam o local em busca de água. Até os dias de hoje a tumba do imperador não foi violada, e segundo analises magnéticas seu interior possui grande quantidade de moedas. (fonte).

Mausoléu piramidal do imperador Qin
Atualmente a versão arqueológica oficial diz que essas pirâmides, pelo menos as estruturas que foram confirmadas como pirâmides, são mausoléus utilizados pelos primeiros imperadores chineses. Hoje é comum que essas pirâmides sejam avistadas cobertas de arbustos e sua exploração por parte de arqueólogos é proibida pelo governo local, que nega a existência de outras pirâmides no local, afirmando que elas são apenas montanhas de terra. Tal postura do governo chinês intriga arqueólogos ao redor do mundo, pois qual seria o motivo de tal acobertamento?


O acobertamento das pirâmides
Uma das correntes de pensamento é de que o governo estaria protegendo tais estruturas sagradas, onde estariam sepultados importantes imperadores da história chinesa. Preservar esses lugares seria preservar a história chinesa. Segundo esse pensamento, o governo temeria que exploradores ocidentais violassem tais túmulos, e levassem para o ocidente possíveis achados relacionados com a história chinesa, ou até mesmo os restos mortais dos imperadores sepultados em tais locais. Lembrando que os povos orientais são muito ligados a tradição e respeitosos com relação aos antigos costumes e com a história do seu povo.


No caso da tumba do imperador Qin, que ainda se encontra selada, uma crença popular afirma que se a tumba for aberta, isso acabará soltando o espírito vingativo do imperador, que foi morto ao beber uma poção mágica preparada por seus sacerdotes, que supostamente lhe daria vida eterna. Vale lembrar que Qin foi o imperador que unificou a China, até então feudal, e fez isso por meio da força, o que lhe rendeu o stigma de ser cruel e violento


Outra corrente de pensamento afirma que o governo tenta esconder do resto do mundo um possível mistério. Os historiadores que encabeçam esse pensamento são defensores das teorias dos Deuses Astronautas. Eles acreditam que, talvez, essas pirâmides abriguem informações a respeito de visitas de extraterrestres. Esses visitantes teriam ensinado ao homem antigo, como construir as pirâmides, uma vez que essas estruturas foram construídas por diversas civilizações ao redor do mundo.

Essa corrente de pensamento cita a semelhança entre as pirâmides chinesas e as pirâmides encontradas em Teotihuacan, no México, uma vez que tanto as pirâmides ocultas da China, como as pirâmides mexicanas, foram construídas mantendo o topo da pirâmide plano. Ambas as civilizações não tiveram contato entre si, mas mesmo assim construíram estruturas muito parecidas, o que leva esse grupo de historiadores a acreditar que, talvez ambos tenham aprendido a construir pirâmides com um mesmo grupo de "professores" vindos do espaço. Esses historiadores fazem uso de uma lenda chinesa para dar força a suas teorias.


Diz a lenda que as misteriosas construções que são tema da postagem de hoje, foram realizadas por imperadores que teriam chegado a terra em dragões de fogo, vindos das profundezas do espaço. Esses imperadores faziam questão de esclarecer a sua origem de um lugar distante fora do mundo conhecido. Eles se denominavam "filhos do céu". (fonte)


Porque o governo chinês iria querer esconder segredos sobre possíveis visitas Extraterrestres?
Na verdade o governo chinês estaria agindo da mesma forma que governo americano teria agido no suposto caso do OVNI que teria caído no deserto de Nevada. Eles estariam encobrindo certas informações, ou ensinamentos deixados por esses alienígenas, usando tais informações privilegiada no desenvolvimento de tecnologia avançada.

Esse historiadores acreditam que a grande quantidade de pirâmides espalhadas mundo afora, em diferentes civilizações, são a prova de que extraterrestres estiveram em contato com o homem antigo. Eles acreditam também que a grande quantidade de pirâmides espalhadas pelo mundo, seriam parte de algo maior e muito importante do ponto de vista cósmico e até relacionado com concentração de energia. É justamente esse tipo de conhecimento que esses pesquisadores acreditam que o governo chinês esteja tentando esconder.